SetCue: definindo uma dica para o usuário

Quanto mais compreensível seu software for para o usuário, melhor será sua aceitação. O usuário gosta de software simples, prático e de fácil entendimento (e quem não gosta né?). Neste artigo vou publicar uma maneira simples de melhorar o entendimento de seu software, utilizando dicas diretamente no objeto de entrada de dados.

As dicas exibidas nos objetos estão presentes na API do Windows desde o Windows XP, e são muito utilizadas inclusive na Web. Com certeza vocês já viram um campo de pesquisa escrito “digite aqui sua pesquisa”, e ao clicar no campo esse texto desaparece, ou em um cadastro com o campo Endereço, e o texto “Ex.: Av. Salgado Filho, 512”, e ao clicar o endereço de exemplo desaparece.

Essa dica, apesar de parecer uma dica óbvia em muitas ocasiões, praticamente elimina toda possibilidade de dúvida, pois na maioria dos casos deixa claro objeto daquele campo. Como exemplo, dê uma olhada nos campos de login do Twitter:

Não existe dúvida de qual campo representa o “nome de usuário” e qual é a “senha”, mesmo que os campos não tenham um título fixo! Economizamos espaço na janela e o usuário sabe exatamente aonde clicar para entrar com seus dados, simples e direto!

Para definir a dica de nossos objetos, iremos utilizar a função nativa do Windows chamada SendMessage(HWND hWnd, UINT Msg, WPARAM wParam, LPARAM lParam). Este é um comando capaz de enviar diversos tipos de “mensagens” para janelas e objetos, e para utilizar as dicas iremos enviar mensagens do tipo EM_SETCUEBANNER (para TextBox) e CB_SETCUEBANNER (para ComboBox).

Então, primeiro declaramos o método SendMessage da API nativa do Windows:

[DllImport(“user32.dll”, CharSet = CharSet.Auto)]

public static extern Int32 SendMessage (IntPtr hWnd, int msg, int wParam, [MarshalAs(UnmanagedType.LPWStr)] string lParam);

E, por exemplo, para definir a dica “Ex.: Av. Salgado Filho, 1234” no objeto TextBoxEndereco, utilizamos da seguinte forma:

SendMessage(TextBoxEndereco, EM_SETCUEBANNER, 0, “Ex.: Av. Salgado Filho, 1234”);

Simples né?

Coloquei no repositório um exemplo completo (Microsoft C# 2010). Lá eu separei todos os métodos conforme sugerido pela Microsoft, criei uma classe Framework para “filtrar” e organizar a utilização dos métodos nativos, e deixei um formulário pronto para fácil visualização da aplicação desde exemplo.

Bom proveito!


Revisão em 14/04/2013

  • Criação do repositório GitHub
  • Código revisado para Visual Studio 2010
  • Regras FXCop 100% implementadas
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s